Buscar
  • institutoamesuamente

Coronavírus e seu efeito na saúde mental

Atualizado: 22 de Mar de 2020



O medo coletivo em epidemias pode desencadear problemas de saúde mental. Um estudo publicado no periódico científico East Asian Arch Psychiatry mostrou que 42% dos sobreviventes da SARS (síndrome respiratória aguda grave), última epidemia, em 2003, desenvolveram algum tipo de transtorno mental.


O estresse pós-traumático, foi a condição mais presente entre os pacientes que apresentaram alguma comorbidade psiquiátrica: 54,5%. A depressão ficou em segundo lugar, com 39%. A epidemia atual já infectou 64.460 pessoas, levou 1.384 à óbito e 7.171 pacientes se recuperaram. Após a recuperação, essas pessoas podem desenvolver transtornos ansiosos e depressivos por conta do estresse e do isolamento.


Qualquer situação de perigo iminente à vida pode agravar transtornos prévios e ser gatilho para novos.


Busque ajuda profissional

Se mesmo assim, você sente que está ansioso e precisa de apoio lidar com esse problema, um psicólogo é profissional capacitado para ajudar a lidar com estas e outras situações. A saúde mental é uma parte integrante da saúde; na verdade, não há saúde sem saúde mental: #AmeSuaMente


Acompanhe nossas redes, estamos no Instagram e no Linkedin. Faça parte desse movimento e use a hashtag #AmeSuaMente.

Fonte: R7

309 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo