NOSSA HISTÓRIA

Instituído em 2008 pelo Departamento de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), o Y Mind (Instituto de Prevenção e Tratamento de Transtornos Mentais), mudou de cara e se tornou o AME SUA MENTE, uma associação sem fins lucrativos.

Ao longo da sua história, desenvolveu formação profissional para mais de 500 professores, e alcançando indiretamente aproximadamente 400 mil alunos e 800 mil pais em parceria com a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, atendendo jovens em risco para desenvolver ou com questão mental, além de realizar diversas pesquisas e publicações científicas na área.

NOSSAS AÇÕES

O Ame Sua Mente tem como meta promover uma nova cultura sobre saúde mental no Brasil (conscientizar, educar, capacitar, prevenir, diagnosticar e tratar precocemente), com o intuito que as pessoas assumam o seu desenvolvimento emocional desde cedo.

Para isso, possui programas de vanguarda focados em promoção de saúde mental, redução de estigma e prevenção de questões mentais em escolas e instituições de saúde para jovens.

O Ame sua Mente está estruturado através de 3 estratégias bem definidas:

1. Promoção e prevenção em saúde mental em escolas, centros de saúde e empresas

2. Pesquisa

3. Advocacy

NOSSA HISTÓRIA

O Instituto nasceu em 2008 com o objetivo de disseminar o conhecimento científico sobre promoção e prevenção da saúde mental para a sociedade. Surgiu, a partir de projetos de pesquisa desenvolvidos, até então, dentro do Departamento de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)  sob o nome:  Y Mind (Instituto de Prevenção e Tratamento de Transtornos Mentais).


Em 2018, torna-se o Instituto AME SUA MENTE, uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, independente da UNIFESP e com o objetivo de transformar a relação dos brasileiros com os transtornos mentais. Para tanto, definiu-se a atuação no ambiente escolar, empresarial e na conscientização da população sobre a importância do tema, sempre com o intuito formativo e de quebra de paradigmas, estereótipos.


As intervenções sociais e as produções de conteúdos especializados que suportam a disseminação do conhecimento para a sociedade são embasadas em literaturas científicas e pesquisas. O objetivo é trazer a ciência como alicerce do Instituto e traduzi-la em uma linguagem simples e acessível, que faça sentido para a sociedade e para todos os beneficiários diretos e indiretos impactados pelos projetos sociais realizados. 


A partir do eixo de atuação com foco em empresas, nasceu a Get Ahead, hoje uma unidade de negócio independente do Instituto, que tem como foco trabalhar a cultura de saúde mental dentro do universo corporativo

amor.png

NOSSOS PROJETOS

Nossa principal atuação social está pautada junto a educadores de escolas da rede pública de ensino, por entendermos a importância do papel do educador na identificação precoce dos transtornos mentais.
O contexto escolar é um espaço estratégico e privilegiado na implementação de políticas públicas para jovens, especialmente no que tange a promoção de saúde mental e prevenção de transtornos mentais. A partir dos novos Parâmetros Curriculares Nacionais, o tema da saúde mental passou a ser integrado como transversal, possibilitando uma abordagem mais ampla dos diversos aspectos vinculados ao processo de saúde individual e coletiva. Nesse sentido, é fundamental uma formação profissional destinada aos educadores, uma vez que eles exercem papel fundamental no desenvolvimento das crianças e jovens.

shutterstock_689216827_edited.jpg

SAÚDE MENTAL NA ESCOLA

shutterstock_1374627479_edited_edited.jpg

PERCURSO FORMATIVO

Em parceria com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, o Instituto atua como curador do Percurso Formativo em Saúde Mental, composto por mesas temáticas que trabalham a questão da saúde mental e manejo de crise.

 

O objetivo é impactar todos os educadores da rede pública de ensino do Estado de São Paulo, com conteúdo relevante e significativo sobre estratégias de enfrentamento que os auxiliem no suporte ao processo de instabilidade e sofrimento que a pandemia traz.

Saúde Mental na Escola em parceria com o Instituto UMANE e ABCD, o projeto  tem por aspiração estabelecer uma nova cultura sobre saúde mental dentro do ambiente escolar e, assim, trabalhar a  prevenção de transtornos mentais na juventude,  a redução dos estigmas e a resolução de problemas mentais relacionados ao processo de  aprendizagem. 


O projeto consiste em formar educadores e gestores escolares da rede estadual de ensino do Estado de São Paulo em temas que envolvem a saúde mental. Transtornos do humor, transtornos da ansiedade, TDAH, saúde mental na escola são algumas das temáticas abordadas durante a formação. 
E, com o apoio do Parceiros da Educação, a metodologia está sendo aplicada também na Escola Princesa Isabel, presente na cidade de São Paulo.


Esta metodologia nasceu do Projeto Cuca Legal, uma iniciativa ligada ao Departamento de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) que tinha como objetivo a promoção de saúde mental e a prevenção de transtornos mentais em ambientes de ensino, através do desenvolvimento de programas de intervenção baseados em evidências científicas. Idealizado pelo Prof. Dr. Rodrigo Bressan em 2006, o Cuca Legal passou a ser uma referência na área, impactando mais de 700 educadores.
Deste projeto nasceu o livro Saúde Mental na Escola: o que os educadores devem saber, organizado pelos psiquiatras Gustavo M. Estanislau e Rodrigo A. Bressan, com a coautoria de pesquisadores renomados no Brasil e no mundo nas respectivas áreas abordadas no livro, e com a revisão de educadores, visando um resultado final cientificamente apurado, mas ainda assim de linguagem acessível ao educador.

Abcd_Site (1).png
WhatsApp Image 2019-11-09 at 21.22.23.jp
umane.png
WhatsApp Image 2019-11-09 at 21.24.13.jp
WhatsApp Image 2019-11-09 at 21.24.28.jp
WhatsApp Image 2019-11-05 at 22.41.43.jp
Screen Shot 2019-11-09 at 9.56.54 PM.png